REDUÇÃO DE ESTRANGEIROS EM QUASE 50% NO “MAIS MÉDICOS”

REDUÇÃO DE ESTRANGEIROS EM QUASE 50% NO “MAIS MÉDICOS”

 

São Paulo, 31 de outubro de 2017. Neste mês, mais 1.375 médicos brasileiros formados no exterior começaram a trabalhar em 800 municípios no programa “mais médicos”. O programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas. Em menos de um ano, o número de brasileiros na equipe do programa Mais Médicos cresceu 44%. Atualmente, são 8.316 brasileiros no programa, o que representa 45,6% do total. A prioridade do Ministério da Saúde é ampliar a participação nacional, tornando a iniciativa mais independente e garantindo atendimento médico à população.

 

Como se vê, houve redução de médicos profissionais estrangeiros no programa em quase um 50%. O dado foi divulgado neste mês de outubro, pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, durante a recepção de 1.375 profissionais brasileiros formados no exterior que aderiram ao último edital. “Este momento é importante para o Brasil e para os brasileiros. Estamos avançando e tenho certeza que vamos oferecer mais qualidade na saúde e na atenção básica com a participação desses novos profissionais no programa Mais Médicos”, ressaltou.

 

Desde novembro de 2016, o Ministério da Saúde está abrindo oportunidades para a substituição de médicos da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Foi feito um levantamento para ver quais cidades atendidas por profissionais cubanos poderiam atrair brasileiros. A expectativa é realizar quatro mil substituições em três anos, tornando a iniciativa mais autossuficiente. Até o momento, mais de 1 mil postos foram substituídos por brasileiros.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *