EXPOSIÇÃO “DIREITOS MIGRANTES: NENHUM A MENOS”: ATÉ 18/12/2016

EXPOSIÇÃO “DIREITOS MIGRANTES: NENHUM A MENOS”: ATÉ 18/12/2016

A mostra proporciona discussão a respeito dos direitos humanos envolvidos no processo de migração. Mais do que ter a liberdade para migrar, todos nós temos o direito de fazê-lo. Este entendimento foi o ponto de partida para a concepção da nova exposição temporária do Museu da Imigração – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.  Com o título “Direitos migrantes: nenhum a menos”, a mostra fica em cartaz até o dia 18 de dezembro, com entrada gratuita.

Por meio da exibição de registros captados em manifestações e mobilizações sociopolíticas protagonizadas por imigrantes, a exposição busca oferecer ao visitante um momento de questionamento a respeito dos direitos humanos ligados a este grupo da sociedade. A intenção é mostrar que certos direitos migram junto com essas pessoas e que são inerentes a sua existência, independente de seus lugares de origem e destino.

EXPOSIÇÃO “DIREITOS MIGRANTES: NENHUM A MENOS”

QUANDO: até 18 de dezembro de 2016. De Terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos das 10h às 17h.

ONDE: Museu da Imigração – Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca – São Paulo.

QUANTO: Gratuito.

Mais informações: www.museudaimigracao.org.br

museu_001_a

 

One comment on “EXPOSIÇÃO “DIREITOS MIGRANTES: NENHUM A MENOS”: ATÉ 18/12/2016”

  1. Goethe-Br says:

    …- a meu ver, os componentes destas ONGS que propõem que famílias brasileiras adotem famílias de emigrantes extrangeiros …-eles o fazem ?…- já imaginaram as consequências de atraírmos para nós, a cruz destinada ás nações européias e aos EEUU que ao longo dos séculos exploraram estas nações?…se o Brasil sempre esteve de braços abertos á tôdas as nações amígas… a tudo e a tôdos acolheram de braços abertos …hoje, acredito de bom alvítre convocar um plebiscito para saber a vontade e o que pensa o povo brasileiro…—desde o final do século XIX e o início do século XX o Brasil acolheu como Pátria de tôdas as nacionalidades…italianos poloneses austriacos, japonêses sírios ,libaneses et,etc…
    mas nunca fomos vitimados por êxodos de nações que os próprios governantes querem se verem livres em virtude do fanatismo e de outros problemas como raciais e ideológicos…-corremos o risco de logo vêr-mos em nossas ruas e praças pessoas mascaradas irreconhecivelmente( o uso da Burca-costume proibido na França) estarmos importando o terrorismo internacional para dentro das nossas fronteiras…-este país nasceu sob a égide do cristianismo…-não é lícito importarmos extremistas que doutrinados pelo fanatismo…neguem os valores morais a que estamos atrelados …-seitas que vem de um povo que queimam cristãos entre outros povos na prática dos seus rituais religiosos …dentro dos templos …sob os olhares complascentes das autoridades do seu país… terroristas que acreditam que se morrerem na prática do terrorismo ,Muhamed( Maomé) estará ás portas do paraíso com setenta virgens a sua espera para o servir( talvez como reprodutor)….como no atentado ás tôrres no inesquecpivel 11 de setembro …-é preciso conter também a imigração em massa dos haitianos através das fronteiras desguarnecidas do país…-povo que professa uma doutrina de mortos vivos capazes de atrocidades…e que contradiz os ensinamentos tradicionais da nossa nação…-estaremos talves preparando terreno para futuros combates de guerrilheiros dentro de nossas fronteiras…e para uma possível e acredito projetada invasão da grande águia ao espaço do pacífico e canoro sabiá !… -Goethe-Br – ” El Santo !…”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *