BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL PARA ESTRANGEIROS

BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL PARA ESTRANGEIROS

 

São Paulo, 13 de abril de 2015. O Brasil é um país em ascensão na produção científica e nossas universidades são referência na América Latina e entre os países de língua portuguesa. Isso atrai muitos estudantes, principalmente dessas regiões, para os programas de pós-graduação recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Para atender essa demanda, o Governo Federal criou o Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG), que oferece bolsas de estudo em cursos de pós-graduação no Brasil.

O PEC-PG é coordenado pelo Departamento Cultural (DC) do Ministério das Relações Exteriores (MRE) e pela Capes e oferece bolsas de estudo para estudantes de países em desenvolvimento em que o Brasil possui acordo de auxílio cultural, educacional ou tecnológico. As bolsas são para formação em cursos de pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado) em Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras.

Entre os objetivos do programa estão constituir atividade de cooperação educacional com os países conveniados; aprimorar a qualificação de professores universitários, pesquisadores, profissionais e graduados do ensino superior, visando sua contribuição para o desenvolvimento de seus países; e priorizar os países que apresentem candidatos no âmbito de programas nacionais de desenvolvimento socioeconômico, acordados entre o Brasil e os países interessados, por via diplomática.

Os países participantes países são dos continentes africano, asiático e americano:

África: África do Sul, Angola, Argélia, Benin, Cabo Verde, Camarões, Costa do Marfim, Egito, Gabão, Gana, Mali, Marrocos, Moçambique, Namíbia, Nigéria, Quênia, República do Congo, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Senegal, Tanzânia, Togo e Tunísia.

Ásia: China, Índia, Líbano, Paquistão, Síria, Tailândia e Timor Leste.

América do Norte e Central: Antígua e Barbuda, Barbados, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, Jamaica, México, Nicarágua, Panamá, República Dominicana e Trinidad e Tobago.

América do Sul: Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Venezuela e Uruguai.

pos_003

Requisitos

Os principais requisitos para concorrer à bolsa são: não ser brasileiro; não possuir doutorado; ter Curriculum Vitae cadastrado e atualizado na Plataforma Lattes do CNPq em língua portuguesa; ser aceito por instituição brasileira recomendada pela Capes; e comprovar proficiência na língua portuguesa com o exame para obtenção do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras), exceto para os países dispensados do exame.

Como se inscrever

Os candidatos podem realizar sua inscrição online através do envio do formulário de proposta e da documentação exigida. As bolsas oferecidas são para cursos aplicados em instituições públicas ou particulares.

No Manual do PEC-PG os candidatos vão encontrar em anexo o formulário de inscrição que deve ser preenchido em português. O Programa pede que se explique de forma detalhada o tema ou a tese dos candidatos. Também serão cobradas as informações preliminares sobre fundamentação teórica e metodologia de trabalho, a relevância dos estudos para desenvolvimento da área específica e a perspectiva de aplicação prática do trabalho a ser desenvolvido, essas especificações são essenciais no processo de inscrição.

A aprovação das inscrições caberá às agências financiadoras, em função da disponibilidade orçamentária e financeira, observado o resultado da avaliação técnica dos parceiros. A homologação da decisão final será feita pela instância superior de cada uma das agências financiadoras, com base em documento informando a aprovação dos candidatos selecionados.

Para os alunos que vão se inscrever em mestrados, as inscrições devem ser encaminhas exclusivamente ao CNPq, pelo site www.cnpq.br, onde são divulgadas as chamadas. Já no caso do doutorado, as inscrições devem ser encaminhadas pelo site da Capes.

Benefícios

A bolsa é concedida no valor estipulado pela coordenação a partir da matrícula, com duração de 48 meses. Em 2014 a bolsa de doutorado foi de R$ 2.200. Há isenção do pagamento de mensalidades e demais taxas escolares; assistência médica, odontológica e farmacêutica pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Somente a passagem de avião será custeada pelo aluno.

Mais informações podem ser obtidas nos e-mails pec-pg@cnpq.br, para bolsas de mestrado, e pecpg@capes.gov.br, para bolsas de doutorado. Para saber mais sobre as emissões de passagem de retorno ao país de origem basta enviar um e-mail para dce@itamaraty.gov.br.

Fonte: Minha Pós

 pos_001

16 comments on “BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL PARA ESTRANGEIROS”

  1. julio says:

    Obrigado Pelo/a informacao

  2. Luis Manchay Sanchez says:

    Estou interesado.

  3. Jorge Alberto González Soto says:

    boa tarde

    Eu sou colombiano, engenheiro civil

    Estou interessado em fazer PhD unestudio em Engenharia de Materiais.

    Eu tenho um (MBA) e acabamento estudos especializados em Patologia Building.

    DEA estudos também mais tarde em materiais e estruturas, entre 2000 e 2001 no INSA Lyon, França

    Atenciosamente,

    JORGE ALBERTO GONZALEZ SOTO

  4. James says:

    Oi eu sou James. Eu moro em São Paulo. estrangeiros residentes no Brasil há um ano e alguns meses. Eu enviar-lhe este e-mail para ver se não há nenhuma maneira para uma bolsa de estudos para estudar na administração.

    obrigado

  5. Me interesa maestría en química

  6. santos says:

    me interesa. Gracias por la información.

  7. sou Venancio, licenciado em ciencias policias pela academia de ciencias policiais em mocambique, estou interessado em fazer mestrado em direito ou ciencias sociais.

  8. Boa tarde, sou boliviano graduado em engenharia de produção com diploma revalidado na Universidade Federal de Minas Gerais, com registro no CREA em andamento, tenho cadastro no CNPq e fiz a prova de proficiência de Português pela Celpebras.
    Moro na Zona Norte e desejo fazer um mestrado na área de Energia, preciso de algum professor da área para me guiar na Universidade.

  9. Graciano Soares Gomes says:

    Sou Graciano Soares Gomes, sou timorense, estou interessado para estudar no Brasil nivel doutoramento. Estou tentando como obter a bolsa. Será que pude me ajudar?

  10. Camila says:

    Muito obrigada pelas informações!

  11. obrigado pelo informacao porque muinto antuacismo com nesta bolso para desenvolver melhoram as nossas paises no futuro

  12. Francisco piñones says:

    Excelente informaçao 🙂

    Soy ing. Agrónomo e profesor pedagogo en educaçao Técnico Profesional.
    Gostaria de saber si tem algum mostrado dessas areas
    Tambem sou Capoeirista e luthier face 15 anos kkk
    Saludos

  13. Edson Alfredo says:

    Bom dia, Boa Tarde ou boa Noite,
    Recebam os meus cumprimentos de acordo a hora do dia.

    Eu sou o Edson Alfredo, Angolano… pretendo fazer a pós-graduação nas areas de Contabilidade administrativa ou informática da administração ou ainda auditoria financeira
    por favor informam-me como eu poderia proceder para ter a bolsa de estudo,

  14. nelinho dickson says:

    Sou Nelinho Carlos Dickson, medico de clinica geral , Mocambicano,trabalho ha 2 anos no meu Pais, senti a necessidade de continuar com os estudos para ajudar o meu Pais na area de infecciologia, visto que Mocambique e um Pais sub desenvolvido com exiguidade de recursos e com um perfil epidemiologico que pende para doencas infecciosas , venho pedir o vosso auxilio para obter uma bolsa de estudo na area referenciada ou equivalente , pra posteriormente servir com zelo e com muita qualidade o meu povo Amado. Saudacoes!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *