PRESOS ESTRANGEIROS EM SÃO PAULO FAZEM REBELIÃO PARA REIVINDICAR DIREITOS; GOVERNO DESMENTE ESSA AFIRMATIVA.

PRESOS ESTRANGEIROS EM SÃO PAULO FAZEM REBELIÃO PARA REIVINDICAR DIREITOS; GOVERNO DESMENTE ESSA AFIRMATIVA.

 

São Paulo, 14/01/2014. Ontem à tarde (13/01/2014), estrangeiros de diversas nacionalidades, fizeram uma rebelião no presídio de Itaí que os alberga. Segundo informação do jornal “Estado de São Paulo”, celas foram destruídas e cerca de 1.300 detentos participaram do motim.

Por sua vez, a Secretaria de Administração Penitenciaria (SAP), informou que a rebelião teria sido depois que os funcionários descobriram uma tentativa de fuga que rapidamente foi contida.

O Presidente da Associação Nacional de Estrangeiros e Imigrantes no Brasil (ANEIB), Dr. Grover Calderón, recomendou que os consulados dos diversos países que tenham presos lá, se informem sobre a real situação dos seus concidadãos, se possível, fazendo uma visita no local dos fatos, para verificar a integridade física desses presos, bem como, para verificar se os motivos que levaram os mesmos a amotinar-se, efetivamente foi a reivindicação de seus direitos.

“O presídio de Itaí no interior de São Paulo, há anos funciona como presídio exclusivo para estrangeiros que sofrem condena judicial por diversos crimes cometidos no Brasil, sua capacidade é para albergar 792 presos, mas vivem por ali hoje 1.443 presos de 89 nacionalidades. É um número recorde na história da penitenciária a qual está quase 50% acima de sua capacidade” disse o Dr. Grover Calderón.

Familiares ou advogados de alguns desses presos estrangeiros, manifestaram que a rebelião se deveria ao fato que os mesmos são alvo de abuso de autoridade por parte de funcionários desse presídio, que haveria problemas na liberação de visitas, pela lentidão da Justiça para movimentar os processos dos presos, notadamente da Vara de Execuções Penais de Avaré, informaram o jornal “Estado de São Paulo” e a “TV Globo”.

O Presídio de Itaí fica a 287 km da capital de São Paulo, durante a rebelião que começou por volta das 11h, havia muita fumaça, barulho e explosões foram ouvidas do lado de fora; da contenção participaram Policias Militares, Tropa de Choque e o Grupo de Intervenção Rápida (GIR).

Fonte: ANEIB

19186

Presos em Penitenciária para Estrangeiros de Itaí-SP fazem Rebelião!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *