ESTRANGEIRO PASSA CONSTRANGIMENTO PARA ABRIR CONTA BANCÁRIA.

ESTRANGEIRO PASSA CONSTRANGIMENTO PARA ABRIR CONTA BANCÁRIA.

 

O Banco Central deveria facilitar a bancarização dos estrangeiros sem distinção de nacionalidade, opina a ANEIB.

São Paulo, 13 de Novembro de 2013.

Pese a que o prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) assinou convênio que permite aos estrangeiros, abrir contas bancárias com mais facilidade, esse acordo, infelizmente, só se aplica em favor dos bolivianos, peruanos e paraguaios, conforme informa o portal “Rede Brasil Atual” (RBA). Ou seja, não todos os estrangeiros que moram em São Paulo, gozam dessa benesse.

É o caso do italiano Gilberto Manigrassi, o qual se dirigiu a uma agencia do “Citibank” no bairro da Lapa em São Paulo, para abrir uma conta onde deveria receber sua aposentadoria italiana e, qual não foi sua surpresa quando lhe negaram tal pedido sob o argumento que deveria ter comprovação de renda superior aos cinco mil reais (R$ 5.000,00).

Manigrassi está regular no Brasil, tem RNE (documento de identidade de estrangeiro), CPF, comprovante de residência, etc., ou seja, tem e tinha todos os documentos para que a conta fosse aberta. Como estrangeiro e aposentado, sentiu-se constrangido por essa situação, ainda mais, quando foi irrespeitosamente tratado por parte de um gerente desse banco.

“Foi quando decidi ir ao Ministério Público Federal de São Paulo e lá coloquei uma denúncia, o processo está rolando; recebi meu dinheiro quando fui acompanhado por meu advogado e somente depois de ter registrado uma outra denuncia no Banco Central do Brasil” diz o italiano.

“O prefeito deve lembrar que em São Paulo vivem mais de 500 mil imigrantes de diversas nacionalidades e, não só bolivianos, peruanos ou paraguaios; deve por tanto estender essa bancarização para todas as nacionalidades, sem distinção; e, deve se esforçar porque os estrangeiros não só possam abrir contas na Caixa Econômica Federal, senão também, em outros bancos, inclusive no Citibank” diz o presidente da Associação Nacional de Estrangeiros no Brasil (ANEIB), o Dr. Grover Calderón.

Atualmente para a abertura de uma conta bancaria, são exigidos documentos como o Registro Nacional do Estrangeiro (RNE), CPF, comprovante de rendimentos e comprovante de moradia. “Via de regra os bancos não aceitam abrir contas, quando o estrangeiro está com protocolo de RNE, documento esse que demora meses ou até dois anos em sair; não aceitam também, quando o estrangeiro tem RNE provisório ou temporário” manifesta Calderón.

A medida que entrou em vigor no dia 26 de outubro deste ano, se aplica só na Caixa Econômica Federal de São Paulo. Ao invés do RNE e comprovante de residência, esse banco exige apenas o protocolo de pedido do RNE e um documento do país de origem, além do CPF. Acesso a microcrédito e envio de remessas para as famílias no exterior também será facilitado.

Para a ANEIB, essa é uma questão que deveria ser de interesse do Ministério da Justiça, pois esse sofrimento que foi paliativamente acalmado pelo Prefeito, para os estrangeiros do MERCOSUL em São Paulo, é latente em todo o território nacional. O Banco Central de Reserva (BACEN) deveria também baixar uma norma facilitando a bancarização dos estrangeiros a nível nacional sem distinção de nacionalidade, como ação prioritária, opina a ANEIB.

Entretanto, o italiano Gilberto Manigrassi, aguarda o desfecho dos processos por ele instaurados, confiante em que a justiça brasileira se fará, pelo bem, inclusive das dezenas e dezenas de aposentados que devem receber suas pensões da Itália através desse banco, no qual ele (o Manigrassi) diz ter sido constrangido.

Fonte: ANEIB.

IM000668.JPG

8 comments on “ESTRANGEIRO PASSA CONSTRANGIMENTO PARA ABRIR CONTA BANCÁRIA.”

  1. Fernando says:

    Bem, mas não é só estrangeiro. Brasileiro POBRE (que não ganha acima de R$ 5000,-) também não vai conseguir abrir uma conta no CITIBANK !!! Então se trata exclusivamente de desrespeito aos estrangeiros. É desrespeito GERAL !!!!

    Mas felizmente ninguém é obrigado abrir conta no CITIBANK ! Felizmente há outros bancos no Brasil.

    • Fernando,
      infelizmente o Governo italiano repassa o dinhero dos apontados italiano, somente por este Banco, mas este Banco vai trocar de nome brevemente irá se chamar de BI (Banco Incompetente).
      Eu acho que se precisa de 5.000 R$ per aprir uma conta, com certeza o gerente incompetente que me atendeu, não pode ter conta no seu banco…
      Eu acho que o peones não ganha 5.000 R$ e, se ele ganha isso, será porque, está fazendo algun favores pór algumas mulher de nivél superior no seu Banco (o pode ser também… homens!)
      Gil Manigrassi

      BANCO

  2. Edubiel says:

    Parabéns ao senhor,,, os bancos como muitas outras instituições e muitos funcionários no Brasil, são super mal educados e preparados para dar atendimento eficiente. Precisam de ser tratados igual e com mão firme por quem conhece seus direitos.

    BEM FEITO !!! agora volta no banco e joga na cara do gerente idiota !!

  3. duarte says:

    Porque tu nao volta pr italia se as coisa la e melhor.

  4. Silmara says:

    Concordo com o Duarte, volte para seu país e deixe de criar caso aqui. Quantos brasileiros e brasileiras são menosprezados em seu país e são obrigados a ficarem quietos porque “extracomunitários”, como são chamados, não tem a palavra, enqto vc vem aqui cantar de galo e ainda acionar MPF e o Banco Central à seu bel prazer. Tomara mesmo q não consiga e volte para seu país, que é de onde nunca deveria ter saído.

    • Gomes Correia says:

      Silmara e Duarte , acho que vcs têm razão de ficar insatisfeito de como o Brasileiro é tratado no Mundo a fora , mas isso não minimiza os direitos ou os valores morais do Gil Manigrassi, varias injustiça que acontece com o Brasileiros nos Estrangeiros acho que ele não é o responsável por isso, mas o certo é fazer o diferente, manifestaram qual aos Italianos que são contra do Brasileiros residentes na Itália…

  5. Tiao says:

    A Constituiçao da direitos iguais a todos seja brasileiro ou estrangeiro (com exceçao ao voto) se ha brasileiros sendo humilhados la fora isso lá é culpa deste senhor italiano que reclama seus direitos? quem dera se todos desse país fossem atrás de seus direitos aí sim isso aqui seria um país excelente pra se morar….
    O cara paga imposto e tem direito sim a apitar, acionar MP o que seja

  6. Eliane says:

    O senhor Manigrassi esta mais do que certo, é sua obrigação como cidadão recorrer aos seus direitos. Sou italo-brasileira residente em Italia , portanto, para os despreparados da realidade os informo que Itália é o país dos estrangeiros, apenas esses tem direitos e benefícios que os italianos, que mantêm erguidos os pilares da nação trabalhando duro para sobreviver e pagar taxas, sonham em haver. E os brasileiros que vão estudar ou mesmo trabalhar honestamente e com dignidade são, como em qualquer outra nação, muito bem vindos. O problema é que está cheio de brasileiros problematicos mais problematicos para as forças armadas do que os que buscam melhores condições de vida.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *