Presidenta do Brasil agradece aprovação de norma que permite o trabalho de medicos estrangeiros no país.

Presidenta do Brasil agradece aprovação de norma que permite o trabalho de medicos estrangeiros no país.

Presidenta do Brasil agradece aprovação de norma que permite o trabalho de medicos estrangeiros no país.

14 de Outubro de 2013.

Pese a os fortes esforços que alguns membros do Congresso Nacional faziam para que não fosse aprovada a norma que permite o trabalho de medicos estrangeiros no Brasil, a Medida Provisória (MP) foi aprovada na semana passada, permitindo desta forma que continue o programa “Mais Medicos” que esta em andamento no Brasil e, mediante o qual miles de médicos estrangeiros poderão trabalhar em favor dos brasileiros pobres e da periferia onde nao há este tipo de profissionais.

Dilma

A presidente Dilma Rousseff agradeceu nesta quinta-feira (10) a aprovação, pela Câmara, da Medida Provisória 621, por meio de sua conta no Twitter; disse que o objetivo do programa é levar saúde a quem mais precisa, à população carente e ao interior do país. “Agradeço aos deputados federais pela aprovação da MP do Mais Médicos. Agora, a MP do Mais Médicos vai para o Senado.”

 

Quando esteve no Congresso, na manhã da última quarta-feira (9), Dilma disse que ficou animada com a votação do texto principal que instituiu o Mais Médicos, autorizando a contratação de médicos estrangeiros para atuação na atenção básica de saúde e também mudando parâmetros da formação em medicina no Brasil.

 

A Associação Nacional de Estrangeiros e Imigrantes no Brasil (ANEIB), uma das mais sérias e históricas instituicoes de imigrantes no Brasil, ainda em junho deste ano, tinha emitido NOTA PÚBLICA EM FAVOR DA ENTRADA DE MÉDICOS ESTRANGEIROS NO BRASIL, no qual entre outros interessantíssimos argumentos, manifestava que tinham certeza que os médicos estrangeiros não estão vindo para tirar o emprego de ninguém ou para angariar clientes; eles estão vindo a contribuir com a melhora da saúde dos mais pobres e desvalidos deste grande país.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *